Como cortar as unhas do seu bebê

Vilma Medina Vilma Medina Diretora de Guiainfantil.com

Não é nada fácil cortar as unhas de um bebê. Seus dedinhos tão pequeninos e delicados e seus movimentos descoordenados fazem com que cortar-lhe as unhas se transforme numa tarefa muito complicada. No entanto, a higiene é importante porque previne, entre outras coisas, que o bebê se arranhe e possa se infectar com as unhas.

Dicas para cortar as unhas do seu bebê

Conselhos para cortar as unhas do seu bebê

As unhas das mãos dos bebês crescem de uma forma muito rápida, por isso temos que cortá-las semanalmente. No entanto, as unhas dos pés demoram mais para crescer e precisamos cortá-las somente uma vez por mês. A primeira atitude para cortar as unhas do bebê é distraí-lo. Quantos pais eu vi dançando e fazendo caretas diante do seu filho para que ele deixasse cortar suas unhas.

Pois bem, existem muitas formas para distrair a um bebê. Pode sentá-lo em frente à televisão, ou diante de uma janela, ou de algo que tenha muita luz, para que ele se entretenha e fique quietinho por alguns segundos, enquanto corta suas unhas. Enquanto o bebê se distrai comece a tarefa com alguns pequenos conselhos:

1 – Se as unhas não estão muito compridas, o melhor é que utilize uma lixa ou invés de cortá-las. A lixa é indicada também para as pontinhas que possam sobressair das unhas. A lixa deve ser somente do bebê. 

2 – Se as unhas estão muito compridas, melhor utilizar um alicate ou tesouras com desenhos específicos para bebês. 

3 – Se você colocar a unha do bebê para cima, na sua frente, não poderá ver até onde vai o borde inferior do alicate ou da tesoura. O melhor é que coloque a unha para baixo. Com a mão que não segura o alicate pressione até atrás a polpa de cada dedo à medida que você corta a unha. 

Vilma Medina
Diretora de GuiaInfantil.com